RO, Sábado, 25 de maio de 2024, às 13:22



RO, Sábado, 25 de maio de 2024, às 13:22


Sobe para 143 o número de mortos em enchentes e volta a chover no Rio Grande do Sul

Defesa Civil confirmou mais de 2,1 milhões de afetados pela tragédia em 446 municípios

PORTO ALEGRE – O número de mortos em decorrência das enchentes e temporais no Rio Grande do Sul subiu para 143 neste domingo, 12, segundo dados do boletim da Defesa Civil. Segundo as informações divulgadas nesta manhã, já são mais de 2,1 milhões de moradores afetados.

Para agravar a tragédia, tem previsão de chuva e frio para os próximos dias, o que provoca mais preocupação. Na verdade, já está chovendo em algumas regiões do estado, exatamente nas áreas já afetadas,

Imagem aérea de região de Porto Alegre totalmente alagada em 8 de maio (Nelson Almeida/AFP)

O número de cidades afetadas pela tragédia é de 446 no total. Os afetados pelos efeitos das enchentes são 2.115.704, e destes, 537.380 estão desalojados e 81.170 pessoas estão em abrigos. O número de mortos subiu para 143, mas o número de desaparecidos se manteve em 125. Os feridos são 806.

- Advertisement -



Já o número de pessoas resgatadas está em 76.399, e os animais que foram salvos das enchentes são 10.555.

Confira os números a seguir:

Municípios afetados: 446

Pessoas em abrigos: 81.170

Desalojados: 537.380

Afetados: 2.115.704

Feridos: 806

Desaparecidos: 125

Óbitos confirmados: 143

Óbitos em investigação*: 0

Pessoas resgatadas: 76.399

Animais resgatados: 10.555

Efetivo: 27.589

Viaturas: 4.398

Aeronoaves: 41

Embarcações: 340

Mais chuva

O rio Taquari, na Região dos Vales, uma das áreas mais afetadas pelas enchentes, subiu 6 metros em 24 horas segundo medição da Defesa Civil de Estrela. O patamar estava em 19,24 metros às 19h do sábado, e a cota de inundação na cidade de Estrela é de 19 metros.

É esperado que a água do rio continue subindo, podendo chegar a 24 metros. A medição realizada no início do mês pelo Serviço Geológico do Brasil mostrou que o nível do Taquari chegou a 31,2 metros em Estrela e Lajeado, a maior marca já registrada na história.

Os moradores das áreas próximas foram orientados pela Defesa Civil e governo do RS a deixarem suas casas e buscar abrigo em local seguro.

Imagem de ontem, 11, de enchente em Muçum, Rio Grande do Sul – Foto: REUTERS/Adriano Machado

Outros alertas foram emitidos para este domingo, 12, pelo Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres (Cemaden). O órgão alerta para as consequências das fortes chuvas que caem sobre a região neste fim de semana, e que podem causar alagamentos ou até deslizamentos de terra e desabamentos.

Ao todo, mais de 2,1 milhões de pessoas foram afetadas pelas enchentes e temporais que atingem o Rio Grande do Sul até o momento.

Patamares do Rio Taquari (Estrela)

Cota de atenção: 15 metros

Cota de alerta: 17 metros

Cota de inundação: 19 metros

Fonte: portal terra.com.br






Outros destaques


+ NOTÍCIAS