RO, Quarta-feira, 19 de junho de 2024, às 17:18



RO, Quarta-feira, 19 de junho de 2024, às 17:18


Polícia investiga caso de estupro e descobre homicídio em Candeias do Jamari

Homicídio teria ocorrido após uma festa realizada pela família dos dois suspeitos de estupro de vulnerável. Operação foi realizada para cinco mandados de prisão e seis de busca e apreensão

Polícia Civil, Rondônia — Foto: Jheniffer Núbia/g1

Durante a investigação de um caso de estupro de vulnerável, a Polícia Civil descobriu um homicídio em Candeias do Jamari. Dois suspeitos de envolvimento nos crimes foram presos durante uma operação realizada nesta semana.

De acordo com a Polícia Civil, a história começou a ser investigada em março, quando dois irmãos foram denunciados por estuprar duas sobrinhas de 9 e 10 anos.

Durante as investigações, os policiais descobriram um homicídio que teria ocorrido durante uma festa da família dos dois suspeitos no fim de 2023.

- Advertisement -



A suspeita é que um dos integrantes da família tenha sido morto naquela noite, depois de uma discussão com a matriarca da família. Isso porque, depois da festa, a vítima desapareceu.

Segundo a polícia, a vítima e a esposa moravam em um sítio na região de Humaitá (AM). A polícia desconfiou do caso quando descobriu que a mulher decidiu repentinamente vender a propriedade por um preço muito abaixo do mercado.

Ainda durante a investigação, uma ossada humana foi encontrada na linha 651 de Candeias do Jamari. Exames devem comprovar a identidade do suspeito. A polícia acredita que a vítima tenha sido levada viva até o local no porta malas de um carro e depois assassinada. O veículo supostamente utilizado no crime foi apreendido.

A operação Nova Realidade teve o objetivo de cumprir cinco mandados de prisão e seis de busca e apreensão. A investigação continua.

Fonte: G1 RO





Outros destaques


+ NOTÍCIAS