RO, Domingo, 03 de março de 2024, às 17:52



RO, Domingo, 03 de março de 2024, às 17:52


Mudanças climáticas atrapalham plantio de soja e áreas precisam ser replantadas em RO, revela Conab

Boletim da Conab indica que 85% das áreas já foram semeadas no estado. Estimativa é que Brasil cultive 45.309 mil hectares

Plantio de soja — Foto: Reprodução/TV Centro América

O novo boletim da safra de grãos, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta quinta-feira (7), revela que as mudanças climáticas, influenciadas pelo El Niño, trouxeram irregularidades no plantio de soja em todo o país, inclusive em Rondônia.

Mas mesmo com a estiagem severa, altas temperaturas, chuvas irregulares e escassez hídrica, o plantio da soja avançou no estado, revelou o boletim. Ao todo, já foram semeadas 85% das áreas dedicadas ao cultivo do grão e desse total:

  • 60% se encontram em fase de emergência;
  • 10% em desenvolvimento vegetativo;
  • 30% em início de formação de grãos.

O boletim também revela que, mesmo nas áreas já plantadas, houve perdas significativas de germinação, “sendo necessário o replantio destas”.

- Advertisement -



Em outras regiões produtores de soja no Brasil, o plantio está atrasado. Em alguns estados, o potencial produtivo das lavouras caiu e isso motivou a redução da estimativa de produção de soja.

A Conab prevê o “cultivo de 45.309 mil hectares com a oleaginosa, superior em 2,8% ao da última safra, e uma produção estimada de 160.177 mil toneladas, inferior em 1,4% ao último levantamento, mas ainda 3,6% superior à da safra 2022/23, recorde absoluto de produção até então”.






Outros destaques


+ NOTÍCIAS