quarta-feira 16 junho 2021 - 09:38
25 C
Porto Velho

quarta-feira 16 junho 2021

GIRO DE NOTÍCIAS – Com o free-flow, praça de pedágio será coisa do passado

Um olhar panorâmico e ligeiro sobre as principais notícias do dia no Brasil e no mundo...

PORTO VELHO – Já está em vigor a lei que estabelece condições para a implantação da cobrança por sistemas de livre passagem em rodovias, conhecido como free-flow, em que não há a necessidade das praças de pedágio. Com o free-flow, é possível a identificação automática e eletrônica dos veículos através de pontos com sensores – por radiofrequência ou por câmeras – ao longo da rodovia. Desta maneira, o sistema possibilita pagamentos de tarifas que guardem maior proporcionalidade com o trecho da via efetivamente utilizado pelo motorista.

A LEI

Pela Lei 14.157/2021, deixar de efetuar o pagamento da forma estabelecida implicará em infração grave com aplicação de multa. Segundo os técnicos, pelo pagamento proporcional ao quilômetro rodado, as tarifas rodoviárias tendem a ser menores já que todos os motoristas passarão a contribuir de alguma forma com a manutenção.

REFORMA

A proposta de emenda à Constituição (EC 32/20) muda regras para os novos servidores públicos, entre elas a limitação da estabilidade no emprego para algumas carreiras. O assunto vai ter na Câmara Federal uma supercomissão, composta por representantes de todos os partidos com assento em plenário. Em síntese: uma reforma que só vai servir para quase nada. A comissão vai ficar pior que a torre de babel.

SERÁ

Um dos itens estabelece: “fica proibida a aposentadoria compulsória como modalidade de punição”. Bom, só poucos segmentos se enquadram, Judiciário, Ministério Púbico e poucos mais. Aliás, há muitas críticas de que tal privilégio continue existindo, enquanto qualquer outro servidor que cometa irregularidade perde o vínculo enquanto uma pequena parcela tem a benesse.

VEJA MAIS EM

https://www.camara.leg.br/internet/agencia/infograficos-html5/reforma-administrativa2021/

VOLEIBOL

A seleção brasileira de vôlei masculino retorna nesta quarta-feira, às 15 hs, para a disputa da Liga Mundial de Voleibol, contra mais três adversários, Holanda, Bulgária e Polônia. O Brsil lidera, com 5 partidas e 15 pontos. No feminino, nesta terça-feira, o Brasil perdeu por 3×2 da China, e desceu do 2º para o 3º lugar.

MACONHA

A comissão especial da Câmara dos Deputados aprovou ontem o Projeto de Lei (PL) 399/15, que regulamenta o plantio de maconha, denominada cannabis sativa, para fins medicinais e a comercialização de medicamentos que contenham extratos, substratos ou partes da planta. A proposta altera a Lei 11.343/06, que institui o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas e que autorizou o plantio de vegetais como a cannabis para fins científicos ou medicinais, em local e prazo determinados, mediante fiscalização.

FISCALIZAÇÃO

O “calcanhar de Aquiles” de ver esse projeto, cuja finalidade, de ajudar pacientes que precisam do uso de medicamentos à base da cannabis é boa. O problema vai ser a fiscalização, que não funciona em quase nada neste país, e quando alguém tenta fiscalizar logo aparecem os que se mobilizam e conseguem mudar tudo.

CARNE

As exportações brasileiras de carne bovina registraram queda nos cinco primeiros meses de 2021 em comparação a igual período do ano passado. Foram vendidas ao exterior, de janeiro a maio, 710.093 toneladas, 2,9% a menos do que o registrado no mesmo período de 2020, de 731.422 toneladas. No entanto, as vendas para o exterior tiveram um aumento de 2,2% no faturamento, de US$ 3,2 bilhões no acumulado de 2021 ante US$ 3,14 bilhões no mesmo período de 2020.

E NÓS?

Enquanto exportadores vibram e conseguem vender cada vez mais para o exterior, nós daqui pagamos cada dia mais caro o preço da carne. E vai ficar pior.

Por: JLA Cavalcanti e equipe, com informações da AgênciaBrasil

Outras notícias