Rondônia, domingo, 28 de novembro de 2021, às 21:33 [email protected] - Telefone 69 9 99475050

domingo 28 novembro 2021

“Coração cachorro” é o melô da semana na Assembleia Legislativa de Rondônia. E a mesa diretora se ‘racha’ de rir (vídeo)

Deputados não contêm gargalhadas ao anunciar projeto de pastor-deputado para proibir colocação de piercing em animais

PORTO VELHO – A falta de criatividade ou a forma como alguns projetos são apresentados nas chamadas casas de Leis brasileiras – Câmara dos Deputados, Senado Federal assembleias legislativas e câmaras de vereadores – às vezes beira o ridículo. Às vezes, nem tanto, mas o tema é tão inusitado que leva os próprios colegas do autor da proposta a não resistir ao riso.

Veja o vídeo:

Veja o que aconteceu esta semana no plenário da Assembleia Legislativa de Rondônia, quando os deputados Alex Redano (Republicanos), presidente da mesa diretora, e o deputado Jair Montes (Avante), primeiro secretário da mesa, não resistiram ao fazer a leitura para colocar em discussão e votação um projeto de autoria do deputado Pastor Alex (Republicanos), prevendo a proibição de se colocar piercing em animais de estimação.

Atenta a tudo que se passa, a turma do ‘humor rondoniense’ não perdeu tempo. Pegou o vídeo da sessão, colocaram como trilha de fundo a música ‘coração cachorro’ e jogou nas redes sociais.

Não deu outra: viralizou imediatamente.

Ao anunciar a matéria, o presidente da Casa, Alex Redano (Republicanos), não se aguenta e cai na gargalhada.

A proposta de Alex Silva, pastor da Igreja Universal, que já morou em Vilhena, onde foi candidato a vereador em 2016, proíbe a colocação de piercing em animais. O vídeo mostrando a reação dos parlamentares estaduais ao projeto foi parar numa página de humor, embalado pelo hit sertanejo “Coração Cachorro”, da dupla Ávine Vinny e Matheus Fernandes.

“Falta de vergonha. Um deputado não tem nada melhor para fazer?”, reagiu uma professora de Vilhena, ao comentar o vídeo publicado no Facebook por um secretário municipal.

Com informações da Folha do Sul on Line

Outras notícias