RO, Quarta-feira, 19 de junho de 2024, às 16:05



RO, Quarta-feira, 19 de junho de 2024, às 16:05


Ministro anuncia prorrogação das inscrições para o Enem 2024 até a próxima sexta, 14

Interessados devem acessar a Página do Participante e utilizar a conta gov.br; taxa custa R$ 85 e pode ser paga no cartão, Pix ou boleto

(RAFA NEDDERMEYER/AGÊNCIA BRASIL)

O ministro da Educação, Camilo Santana, anunciou por meio de suas redes sociais, na noite desta sexta-feira (7), que o prazo para inscrição no Enem 2024 (Exame Nacional do Ensino Médio) foi prorrogado até as 23h59 da próxima sexta-feira (14). O intuito da medida, segundo Santana, é ‘ampliar ainda mais as oportunidades para que os jovens façam o Enem’. O prazo vale para todo o Brasil, e alunos que estão concluindo o ensino médio na rede pública têm direito à isenção da taxa de inscrição.

‘Informo que as inscrições para o Enem 2024 estão prorrogadas para todo o Brasil. Os interessados podem se inscrever até a próxima sexta-feira, 14 de junho, 23h59.

Com essa decisão, nós queremos ampliar ainda mais as oportunidades para que os jovens façam o Enem. Estudantes do Rio Grande do Sul e de todo o Brasil agora têm mais uma semana para se inscrever pela Página do Participante. Os concluintes do ensino médio em escola pública não pagam taxa de inscrição.

- Advertisement -



Nosso último balanço revela que estados como Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe já estão com praticamente 100% dos seus concluintes da rede pública de ensino médio inscritos no Enem. Mesmo no Rio Grande do Sul, já temos mais de 70% dos formandos da rede pública inscritos.

O Enem é a principal porta de entrada para a graduação e garantir a maior participação possível dos jovens é bom para o Brasil.’

Como se inscrever

Os interessados devem acessar a Página do Participante e utilizar a conta gov.br. A taxa custa R$ 85 e pode ser paga no cartão de crédito ou débito, por Pix ou boleto. As provas vão ser aplicadas nos dias 3 e 10 de novembro.

As autoridades alertam para possíveis golpes envolvendo os valores, por isso, o participante deve conferir os dados antes de realizar qualquer operação financeira. Em um dos casos, os bandidos criaram um site falso para inscrições no exame, direcionando estudantes a uma página similar à original. Um adolescente e sua mãe caíram no golpe ao realizar o pagamento da taxa via Pix.

O site foi retirado do ar após o Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) denunciar o caso à Polícia Federal. A família foi orientada por um advogado sobre o crime de estelionato cometido pelos golpistas.

Para os moradores do Rio Grande do Sul, o prazo será estendido, mas o Inep ainda não divulgou as datas. Além disso, a população de municípios gaúchos têm isenção da taxa de inscrição.

Treineiros

As participações de inscritos no modo “treineiro” são apenas para a autoavaliação dos conhecimentos e não podem ser utilizadas para a disputa de vagas no ensino superior.

Desde 1998

A prova existe desde 1998 e avalia o desempenho escolar dos estudantes após o término da educação básica. As notas da avaliação podem ser utilizadas no Sisu (Sistema de Seleção Unificada) e no ProUni (Programa Universidade para Todos), além de instituições privadas e de outros países de língua portuguesa que tenham acordos com o Brasil.

Fonte: R7





Outros destaques


+ NOTÍCIAS